Alfredo Ferreiro, Breves, Colaborações:, Lusofonia

Lusofonia XXV: “Un secador, unhas pinturas e unhas bolsas de té”

Santiago Jaureguizar: «[…] En Ferrol […] propuxeron á Real Academia Galega que dedique o Día das Letras 2017 a Carvalho Calero. Teñen moral, si. Sería bonito que a RAG deixe de tratar ao reintegracionistas como se fosen un partida de sediciosos do carlismo. Na rúa das Tabernas deben asumir que son os defensores máis íntegros… Read More Lusofonia XXV: “Un secador, unhas pinturas e unhas bolsas de té”

Share
Alfredo Ferreiro, Colaborações:, Jornalismo, Lusofonia, Sociedade

«Aquém Minho nasceram as nossas letras»

Um dos principais problemas da Galiza é uma espanholidade mal ressolta. Quando essa espanholidade, que resta galeguidade, não é percebida a colonização é total; é para nós, em definitivo, um venenoso quadro de referências que está a operar sob a tona do quotidiano. Porque o problema é muitos galegos não assumirem a existência de uma… Read More «Aquém Minho nasceram as nossas letras»

Share