Colaborações:, José António Lozano, Tradição

A noite acesa de Bahaudin Majruh (II), por José António Lozano

Ufánanse los necios y alardean / llenos de orgullo y altivez, de una / insulsa libertad, tediosa y yerma. / Orgulloso yo estoy, por el contrario, / de ser de una tirana encantadora, / el más sumiso y venturoso esclavo. (Hafiz, tradução de Rafael Cansinos Assens) A lucidez e a procura da liberdade total são… Read More A noite acesa de Bahaudin Majruh (II), por José António Lozano

Share
Colaborações:, José António Lozano, Tradição

A noite acesa de Bahaudin Majruh (I). O suicídio e o canto, por José António Lozano

O poeta e filósofo afegane Bahaudin Majruh é o autor de uma extraordinária obra literária em língua pastu, além de um símbolo da resistência afegã que se enfrentou tanto aos ocupantes soviéticos como aos fanáticos islamistas. Exilado desde 1980 en Peshawar é o criador de uma série de livros que permaneceram inéditos durante muito tempo,… Read More A noite acesa de Bahaudin Majruh (I). O suicídio e o canto, por José António Lozano

Share