Na Praia de Valcovo

Alfredo Ferreiro por François Davo na década de 90 (Praia de Valcovo, Arteijo)

Acho que pouco ou nada sabia sorrir quando me fiz homem. Agora que me faço velho aprendi. Ainda bem, até porque para enfrentar a morte acho que vai ser útil: Ela é sempre repudiada e saberá agradecer a alguém que a receber cordialmente.

Share