Lusofonía V: unha telenovela portuguesa

Floribella
Segundo nota Fernando Venâncio o sotaque galego está a ser levado ao éxito televisivo, na personaxe norteña (de Gaia) dunha telenovela portuguesa:
“Luciana Abreu dizia «primêiro», não «primâiro». Dizia «dôu», não «dô». Isso era um novidade em ficção televisiva nacional, decerto em personagem de relevo. Os dois ditongos «êi» e «ôu» vêm da Alta Idade Média, tendo-se formado no Noroeste peninsular acima do Douro (do «Dôuro», claro). Para sermos mais exactos: são invenções galegas puro-sangue. Foram, mais tarde, levados assim para o Brasil, onde se mantêm.”

Quen sabe e quere, por veces fala do moito que hai, e outros supomos o moito que podería haber… se quixésemos superar esa patente endogamia.

Share